novembro 8, 2016

Roberto Eismann afirma: “existe uma máfia na Câmara de Vereadores”

Posted in Uncategorized às 12:29 am por redestyllus


No Grande Expediente da Câmara de Vereadores de Segunda-feira, 7 de novembro o Vereador Roberto Eismann(PT) desabafou “existe uma máfia na Câmara de Vereadores de Portão. Desde que coloquei meu nome à disposição para à presidência da casa em 2017 existem nomes a favor, e outros contras. Estão me ameaçando dizendo que o capitão vai me prender se eu assumir à presidência”.

Em outro momento Roberto citou “digo a estes que vou permanecer aqui. Consigo um mil kg de alimentos para as fazendas terapêuticas, fruto de trabalho árduo. Tem colegas falando mal de mim. Alguns se vendem por cargos, uma vergonha isso. Existe falta de vergonha na cara de algumas pessoas que eu respeitava. Tenho família para criar, se preciso largo isso”.

Sobre o desabafo o colega de partido João Pedro Gaspar dos Santos disse “precisamos fazer uma reflexão. Banir a política rasteira”.

O Vereador Diego Martins disse “o senhor tem de dizer na cara das pessoas quem está fazendo fofoca. Algumas pessoas estão se vendendo”.

O presidente da casa Gerson Roza(PMDB) afirmou “em parte o Vereador Roberto tem razão. As conversas estão tomando um rumo estranho. Precisamos olhar um no olho do outro, pois com estas conversas quem tá perdendo é a comunidade”.

O Vereador Antônio Ailton da Silva Coelho(SD) disse “existem infiltrados na política que só pensam em maldade. O que fizeram para você é pouco. Para mim já fizeram maldade para as profundezas do inferno. Mais de 50 pessoas disseram que eu já estava preso. Já tinham, até me matado. Eles atiram onde tem futuro. Mas fique tranqüilo, pois Deus não dorme”.

O Vereador Jorge Rodrigues Flores(PSB) comentou “um empresário me ligou dizendo que eu havia me vendido. Deus é poderoso. Estou cada vez mais forte. Ainda vou ser prefeito de Portão”.

O Vereador Silvio Eurico da Silva(PMDB) salientou “Vereador Roberto acredita no seu potencial. Sou o que sou e não o que os outros dizem. Cada ação nossa vem à tona a verdade mais tarde”.

O comentário geral na cidade é que à presidência ficaria com Roberto Eismann do PT que receberia os votos dos cinco Vereadores do frentão(Kiko Hoff e José Volmar Wogt(PDT); Luis Carlos Bandeira da Rosa e Ari de Oliveira(SD) bem como o próprio Roberto Eismann) mais de Jorge Rodrigues Flores(PSB) e Paulo Ricardo Bonini(PP).

A tradição(não por escrito) estabelece que o mais votado seja o presidente da casa no primeiro ano de governo. Vale lembrar que quando Elói foi o mais votado pelo PMDB este acordo também não se cumpriu.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: